FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Uso de Albumina e Terlipressina em Síndrome Hepatorrenal Tipo 1

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 02/06/2021

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

 

O tratamento da síndrome hepatorrenal, principalmente no tipo 1 (SHR-1), consiste basicamente no uso de albumina e vasopressores, como a terlipressina. Entretanto, essa conduta combinada ainda é feita com base em poucas evidências de qualidade.

 

O Estudo

 

Apresentamos um ensaio clínico que foi criado para avaliar a eficácia e a segurança da terlipressina mais albumina em adultos com SHR-1. Os pacientes foram designados aleatoriamente em uma proporção de 2:1 para receber terlipressina ou placebo por até 14 dias; em ambos os grupos, o uso concomitante de albumina foi fortemente recomendado. O desfecho primário foi a reversão da síndrome hepatorrenal (SHR), definida como duas medições consecutivas de creatinina sérica de 1,5 mg por decilitro ou menos com pelo menos 2 horas de intervalo e sobrevida sem terapia de substituição renal por pelo menos 10 dias após a conclusão do tratamento.

Foram submetidos à randomização 300 pacientes: 199 foram atribuídos ao grupo da terlipressina, e 101 ao grupo placebo. A reversão verificada de SHR foi relatada em 63 pacientes (32%) no grupo de terlipressina e em 17 pacientes (17%) no grupo placebo (P = 0,006). Com relação aos desfechos secundários pré-especificados, a reversão de SHR, definida como qualquer nível de creatinina sérica de 1,5 mg por decilitro ou menos durante os primeiros 14 dias, foi relatada em 78 pacientes (39%) no grupo de terlipressina e em 18 (18%) no grupo placebo (P < 0,001); reversão de SHR sem terapia de substituição renal no dia 30 ocorreu em 68 (34%) e em 17 (17%) pacientes, respectivamente (P = 0,001); reversão de SHR entre pacientes com síndrome de resposta inflamatória sistêmica (84 pacientes no grupo da terlipressina e 48 pacientes no grupo do placebo) ocorreu em 31 (37%) e em 3 (6%), respectivamente (P < 0,001); e reversão da SHR sem recorrência no dia 30, em 52 (26%) e em 17 (17%) pacientes, respectivamente (P = 0,08). No dia 90, os transplantes de fígado foram realizados em 46 pacientes (23%) no grupo da terlipressina e em 29 pacientes (29%) no grupo placebo, e morte ocorreu em 101 (51%) e em 45 (45%), respectivamente. Mais eventos adversos, incluindo dor abdominal, náusea, diarreia e insuficiência respiratória, ocorreram com terlipressina do que com placebo. Morte em 90 dias devido a distúrbios respiratórios ocorreu em 22 pacientes (11%) no grupo da terlipressina e em 2 pacientes (2%) no grupo placebo.

 

Aplicação Prática

 

Este interessante estudo envolvendo adultos com cirrose e SHR-1 demonstrou que a terlipressina foi mais eficaz do que o placebo na melhora da função renal, mas foi associada a eventos adversos graves, incluindo insuficiência respiratória. Com base nesses resultados, podemos dizer que se trata de terapia que precisa de discussão individualizada, atrelada à perspectiva ou não de transplante e aos objetivos terapêuticos do paciente, em decisão compartilhada.

 

 

 

Bibliografia

 

1.             Wong F et al. Terlipressin plus Albumin for the Treatment of Type 1 Hepatorenal Syndrome. N Engl J Med 2021; 384:818-828

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.