FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "7 Imunizacoes" obteve 118 resultados.

Página:  de 12

04/06/2009

Biblioteca Livre

Abordagem Inicial do Adulto Infectado pelo HIV e Imunizações

...iência imunológica importante. À medida que aumenta a imunodepressão, eleva-se também o risco relacionado à administração de vacinas de agentes vivos, bem como se reduz a possibilidade de resposta imunológica consistente. Sempre que possível, deve-se adiar a administração de vacinas em pacientes sintomáticos ou com imunodeficiência grave (contagem de linfócitos T-CD4+ inferior a 200 células/......

Ver Índice

02/09/2009

Biblioteca Livre

7 Imunizações

...es após a primeira; 4 – Vacina contra o Streptpcoccus pneumoniae – polissacáride – uma dose após 2 anos de idade com um reforço cinco anos após a primeira dose; Heptavalente – três doses com intervalos mínimos de dois meses. Iniciar junto com a vacina contra Haemophilus influenzae; 5 – Profilaxia com Penicilina Benzatina ou V oral dos 4 meses até 5 anos de i......

Ver Índice

29/05/2014

Revisões Internacionais

Recomendações de saúde para viajantes internacionais

... Os indivíduos que apresentam reações de hipersensibilidade imediata à neomicina, gelatina ou agentes conservantes devem evitar as vacinas que contêm estas substâncias. A vacina contra febre amarela, que contém proteínas do ovo e gelatina, pode ser contraindicada para pacientes que apresentam reações alérgicas a estas proteínas. Em geral, existe uma correlação fraca entre uma história de sensibili......

Ver Índice

02/03/2010

Revisões

NOTA TÉCNICA - Estratégia de Vacinação contra o Vírus de Influenza A(H1N1)

...adas para monitorar eventos que possam acontecer, em especial, a Síndrome de Guillain Barré. Um minucioso protocolo de monitoramento desses eventos será utilizado para tal, como já é feito em outras campanhas de vacinação, como, por exemplo, a de rubéola. (6) Estratégia Nacional de Vigilância, quanto à Possível Circulação de Cepas Resistentes O Ministério da Saúde faz o monitoramento da circu......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 4 – Sistema de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-vacinais

...izador em algumas vacinas, como a tríplice viral; • reação a alguns antibióticos (por exemplo, kanamicina) contidos em algumas vacinas; • reação a alguns dos componentes do próprio imunógeno. As manifestações podem ser: • Dermatológicas (prurido, angioedema, urticária generalizada e/ou eritema); • Cardiocirculatórias (hipotensão, arritmias, choque, etc.); • Res......

Ver Índice

14/05/2013

Qualidade e Segurança

Redução do risco de infecções por meio de programas de saúde ocupacional

...ve ser implantado conforme indicado para cada área do hospital. A implementação de qualquer protocolo para TB deve ser verificada periodicamente, com monitoramento mais frequente nas áreas com maior risco. As avaliações de risco também devem ser repetidas de tempos em tempos, sendo o intervalo determinado pelo nível de risco.25 · Teste da equipe. Antes da admissão, todos os PASs devem ser te......

Ver Índice

14/05/2013

Qualidade e Segurança

Redução do risco de infecções por meio de programas de saúde ocupacional

...e surtos de doenças que podem ser evitadas com vacinas – incluindo sarampo,4,5 coqueluche6,7 e caxumba,8,10 em cuja transmissão os PASs podem estar envolvidos.3 Os hospitais devem exigir prova clínica ou laboratorial para verificar se todos os PASs estão imunizados contra doenças que podem ser evitadas com vacinas. Se a prova não estiver disponível, eles devem ser imunizados para reduzir a incidên......

Ver Índice

25/10/2009

Biblioteca Livre

Equipe Técnica

...grama Nacional de DST/AIDS/SVS/ - MS Adele Schwartz Benzaken - Fundação Alfredo da Matta - AM Angélica Espinosa Miranda – Universidade Federal do Espírito Santo – ES Berardo Nunan – Departamento de Atenção Básica /SAS/MS Eliana Amaral - Universidade Estadual de Campinas – SP Elisabete Taeko Onaga – Secretaria Estadual da saúde – SP Geraldo Duarte - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da ......

Ver Índice

02/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Coqueluche

...o no prazo de 6 a 12 meses após a 3ª dose e o 2º reforço com 4-6 anos de idade. Vacina DTP (contra Difteria, Tétano e Coqueluche) • A eficácia da vacina DTP varia de acordo com o componente, a saber: 80%-90% para difteria; 75%-80% para coqueluche e 100% para tétano. A imunidade conferida pela vacina não é permanente e decresce com o tempo. Em média, de 5 a 10 anos após a última dose da v......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Difteria

... CID 10: A36 CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS E EPIDEMIOLÓGICAS Descrição Doença transmissível aguda, toxiinfecciosa, imunoprevenível, causada por bacilo toxigênico que freqüentemente se aloja nas amígdalas, faringe, laringe, nariz e, ocasionalmente, em outras mucosas e na pele. É caracterizada por placas pseudomembranosas típicas. Sinonímia Crupe. Agente Etiológico Corynebacterium diphth......

Ver Índice

Página:  de 12

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A

Cnpj: 11.012.848/0001-57

info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.