FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Gerenciamento de Risco e Seguranca do Paciente" obteve 259 resultados.

Página:  de 26

30/05/2017

Revisões Internacionais

Abordagem aos Pacientes Geriátricos

...erência; a frequência não foi definida. Homens com idade acima de 35 anos; mulheres com idade acima de 45 anos se correrem grande risco de DCC. Câncer no pulmão Baixa dose anual de TC. Adultos com idades entre 55 e 80 anos com histórico de fumar 30 carteiras de cigarros por ano e que estiverem fumando atualmente ou que tenham deixado de fumar dentro dos últimos 15 anos. Descontinu......

Ver Índice

14/05/2013

Hospitalar

Usando os padrões da Joint Commission para gerenciar o fluxo de pacientes e prevenir a superlotação

...viços de emergência nem está designado pela comunidade como uma estação de recepção de vitímas de desastre precisam participar de apenas uma manobra de manejo de emergência por ano. Os funcionários das áreas do prédio potencialmente ocupadas pelo hospital devem participar dessa manobra. Nota 2: Os exercícios teóricos, embora úteis no planejamento e no treinamento, são apenas substitutos aceitávei......

Ver Índice

14/05/2013

Hospitalar

Usando os padrões da Joint Commission para gerenciar o fluxo de pacientes e prevenir a superlotação

...edidas de dados incluiriam os tempos médio e máximo para os pacientes serem vistos por um médico emergencista, os tempos médio e máximo para os serviços auxiliares, quanto tempo o hospital está operando em regime de desvio de ambulâncias, assim como a baixa de pacientes. As medidas também devem lidar com questões dos profissionais, como percepções da razão de o pronto-socorro estar superlotado e a......

Ver Índice

22/03/2017

Revisões Internacionais

Disfunção Sexual Masculina

...151:1522–4. 76. Shirazi M, Haghpanah AR, Badiee M, et al. Efeito do verapamil intralesional no tratamento da doença de Peyronie: um estudo randomizado duplo cego controlado por placebo. Int Urol Nephrol 2009;41:467–71. 77. Gelbard MK, James K, Riach P, Dorey F. Colagenase versus placebo no tratamento da doença de Peyronie: um estudo duplo cego. J Urol 1993;149:56–8. 78. Gelbard M, L......

Ver Índice

14/03/2010

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Classificação Internacional para a Segurança do Paciente da OMS – Sistema de Resiliência

...e “Recuperação do Incidente”, que é derivado da indústria e da Teoria do Erro. A Recuperação do Incidente é o processo pelo qual um fator contribuinte ou risco é identificado, entendido e avaliado, levando à possibilidade de se evitar um incidente, e este processo é dependente de resiliência. Dentro da física, a resiliência é muito bem exemplificada por um objeto simples, que é o......

Ver Índice

10/07/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Objetivos da Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS

...icar efetivamente e trocará informações críticas sobre o paciente para garantir uma condução segura da cirurgia. 10. Hospitais e sistemas de saúde pública estabelecerão uma rotina de vigilância quanto à capacidade cirúrgica, volume cirúrgico, e os resultados cirúrgicos. Objetivos da Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS Lucas Santos Zambon Objetivos da Campanha “Cirurgia Segura S......

Ver Índice

10/07/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Objetivos da Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS

... correto. 2. A equipe irá utilizar métodos conhecidos para evitar danos pela administração de agentes anestésicos, ao mesmo tempo em que garante analgesia ao paciente. 3. A equipe irá reconhecer e se preparar efetivamente para o risco de perda da via aérea ou função respiratória. 4. A equipe irá reconhecer e se preparar efetivamente para o risco de elevada perda de sangu......

Ver Índice

08/03/2010

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Classificação Internacional para a Segurança do Paciente da OMS – Informações Descritivas

...s são fundamentais para compor o quadro do incidente. Incluímos neste conjunto da classificação os itens: 1) as características do paciente; 2) as características do incidente; 3) os fatores contribuintes/riscos; e 4) os desfechos na instituição. Além de servir para descrição, sua grande função é trazer informações que poderão compor as ações que serão introduzidas para diminuir os riscos para o m......

Ver Índice

04/03/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Introdução - Primum Non Nocere

...ruturados em evidências científicas de excelente custo–benefício. Cada um deles foca em uma situação de grande importância no meio hospitalar e com impacto em saúde pública. Os pacotes de intervenção têm indicadores para monitorização dos resultados e metas a serem atingidas. Além disso, são todos baseados em um conjunto de medidas que, quando realizadas em conjunto, têm mais impacto no prognóstic......

Ver Índice

04/03/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Introdução - Primum Non Nocere

...erapia ou as cirurgias minimamente invasivas. Entretanto, por mais que tenhamos avançado muito em termos de diagnóstico e tratamento de doenças, o paciente ainda é colocado sob diversos riscos na maior parte do tempo em que está à mercê dos cuidados de assistência em saúde, aqui incluídos não só os cuidados médicos, mas de todos os profissionais que de alguma forma participam dos cuid......

Ver Índice

Página:  de 26

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A

Cnpj: 11.012.848/0001-57

info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.