FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Vacina Contra Tetano" obteve 65 resultados.

Página:  de 7

11/02/2015

Remédios

Vacina Contra Difteria e Tétano

...se aos 2 meses, 4 meses e 6 meses de idade. 1° reforço com 15 meses de idade. 2° reforço com 5 a 6 anos de idade. Depois disso, reforços a cada 10 anos, com vacina dupla de adultos. Cuidados especiais Risco na gravidez Classe C Amamentação não há evidências de riscos para a criança. Não usar o produto doença febril; hipersensibilidade ao produto; infecção tetânica. Avaliar r......

Ver Índice

11/02/2015

Remédios

Vacina Contra Difteria, Tétano e Coqueluche

...Pertacel (Sanofi-Pasteur); Vacina Contra Difteria, Tétano e Coqueluche (Sanofi-Aventis) Uso injetável Injetável: Vacina Tríplice (DTP); Pertacel Não utilizar o produto se houver partículas ou alteração de cor. Armazenagem antes de aberto Sob refrigeração(2-8°C). Não congelar. O que é [toxoide diftérico + toxoide tetânico + vacina pertussis]. Para que serve difteria, tétano ......

Ver Índice

11/02/2015

Remédios

Vacina contra Tétano

...entral: desordens neurológicas; febre moderada; mal-estar. Outros: anafilaxia; arrepios. Atenção com outros produtos A Vacina Contra Tétano •pode ter sua ação diminuída por: cloranfenicol; corticosteroide; imunossupressor; radioterapia. Outras considerações importantes •antes da aplicação verificar se o paciente não teve alergia ou reação a outras imunizações. •reações alérgicas devem......

Ver Índice

04/04/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacina Tríplice Bacteriana contra Difteria, Tétano e Coqueluche (DTP)

...o uso da DTP, o esquema de imunização primária deverá prosseguir com a vacina dupla, constituída dos toxóides contra difteria e tétano (DT). • A via de administração intramuscular não pode ser usada em pacientes com distúrbios sangüíneos, como hemofilia e trombocitopenia, optando-se pela via subcutânea. • Não é recomendada em crianças a partir de 7 anos e em mulheres grávidas. • ......

Ver Índice

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Vacina contra Difteria e Tétano

...ções nas nádegas. Via Intramuscular VACINA CONTRA DIFTERIA E TÉTANO ADMINISTRAÇÃO: no braço. USO INJETÁVEL – DOSES Adultos e Crianças com Mais de 7 Anos Usar a apresentação Adultos. Crianças até 7 Anos • Usar a apresentação Pediátrica. • 1 dose aos 2 meses, 4 meses e 6 meses de idade. • 1º reforço com 15 meses de idade. • 2º reforço com 5 a 6 anos de idade. ......

Ver Índice

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Vacina contra Difteria, Tétano e Coqueluche

...ida) GASTRINTESTINAL: falta de apetite. LOCAL DA INJEÇÃO: vermelhidão e enduração no local da injeção (um nódulo pode se formar e durar várias semanas). SISTEMA NERVOSO CENTRAL: calafrios; convulsão; doença do cérebro; febre; irritação; mal-estar; sonolência. OUTRO: choque anafilático; vômito. Atenção ao Utilizar Outros Produtos A vacina contra difteria, tétano e coqueluche: • po......

Ver Índice

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Vacina contra Tétano

...is poderá piorar os sintomas. Via Intramuscular Estabilidade após aberto: uso imediato. ADMINISTRAÇÃO: em adultos e crianças acima de 2 anos, na região deltoide, no braço; em crianças até 2 anos, na região ântero-lateral superior da coxa. USO INJETÁVEL – DOSES Adultos e Crianças Aplicar uma dose (1ª dose) e repeti-la após 30 dias (2ª dose). Após 6 meses faz-se a 3ª dose. A seguir: 1......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...esaparece espontaneamente, sem necessidade de tratamento. t Linfadenopatia regional com mais de 3 cm de diâmetro, sem evidências de supuração (flutuação e/ou fistulização). t Abscesso subcutâneo frio, associado à técnica incorreta de aplicação da vacina. t Abscesso subcutâneo quente, associado à contaminação durante o processo de preparo e aplicação da vacina (infecção secundária). Intera......

Ver Índice

18/11/2015

Revisões Internacionais

Mordidas e picadas – Lawrence M. Lewis, William H. Dribben, Mark D. Levine

...f clinical toxicology of animal venoms and poisons. New York, NY: CRC Press; 1995. p. 129. 246. Auerbach PS. Marine envenomations. N Engl J Med 1991;325:486–93. 247. Baden HP. Injuries from sea urchins. Clin Dermatol 1987;5:112–7. 248. Cruz L, White J. Clinical toxicology of conus snail stings. In: Meier J, White J, editors. Handbook of clinical toxico­logy of animal venoms and poisons. New......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Vacinas e toxóides

...r mais efetiva do que a vacinação seletiva de indivíduos de elevado risco. Em adultos, a administração intramuscular no deltoide é mais eficaz do que a feita no glúteo ou a intradérmica. Vacinação de reforço propicia maiores níveis de soroconversão anti-HBs e previne a infecção por mutantes em trabalhadores da saúde. A vacinação geralmente está associada a efeitos adversos suportáveis, embora reaç......

Ver Índice

Página:  de 7

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A

Cnpj: 11.012.848/0001-57

info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.