FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Angina Instavel e Iam Sem Supra" obteve 11 resultados.

Página:  de 2

10/10/2012

Revisões Internacionais

Infarto agudo do miocárdio – Peter B. Berger

... se torne recorrente, os agentes antiarrítmicos podem ser utilizados, embora o impacto destes fármacos sobre os resultados clínicos não tenha sido comprovado. Os pesquisadores do estudo Atrial Fibrillation Follow-up Investigation of Rhythm Management (AFFIRM) randomizaram 4.060 pacientes para serem submetidos a estratégias de controle de ritmo ou de frequência.142 A estratégia de controle de ritmo......

Ver Índice

30/10/2013

Revisões

Síndrome Coronariana Aguda

...imento ST. Etiologia Embora a grande maioria dos casos de SCA seja secundária à ruptura de um placa aterosclerótica, podem ser muitas as causas para tal condição clínica (Quadro 2.1). Sinais e Sintomas Embora a apresentação clínica dos pacientes com SCA possa ser bastante diversificada, cerca de 75 a 85% dos pacientes apresentam, como sintoma predominante, dor torácica. A obtenção de uma......

Ver Índice

10/04/2013

Artigos

Prasugrel vs. clopidogrel em síndrome coronariana aguda não revascularizada

...o segmento ST (SCASSST) beneficiem-se de uma estratégia invasiva inicial, com cateterismo e revascularização, esta não é a realidade na maioria dos centros. Assim, a otimização do tratamento clínico dos pacientes poderia ter um papel benéfico. O prasugrel é um antiplaquetário teoricamente mais potente que o clopidogrel. O objetivo deste estudo é comparar a eficácia do prasugrel associado à aspirin......

Ver Índice

01/04/2019

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 21

...o de ST em V1 e V2). ü Ínfero-ântero-septal : DII, DIII, aVF, V1 e V2. ü Ventrículo Direito : V3r e V4r. · Parede Dorsal (aumento de R em V1 e V2): ü Dorsal propriamente dito: V7 e V8. ü Ínfero-dorsal: DII, DIII, aVF, V7 e V8 ( ou infradesnivelamento ST em V1 e V2). ü Látero-dorsal: DI, aVL, V5, V6, V7 e V8. Identificação da artéria culpada no IAM · IAM infe......

Ver Índice

20/04/2009

Casos Clínicos

Angina estável

...inutos, a localização é usualmente subesternal, podendo entretanto ocorrer ainda em ombro, epigástrio, região cervical, hemitórax e dorso. A dor pode irradiar eventualmente para membros superiores (direito, esquerdo, ambos), ombro, mandíbula, pescoço, dorso, região epigástrica , sendo precipitada por esforço físico e estresse emocional e aliviada característicamente com repouso ou uso de nitratos.......

Ver Índice

04/06/2009

Revisões

Novos Métodos Diagnósticos em Cardiologia

...ica de realce tardio, onde encontramos achados que variam desde imagens nodulares até padrões de fibrose uni ou multifocais (Figura 10), semelhantes à miocardite, e geralmente deve ser associado a outros dados clínicos. Nosso grupo foi um dos primeiros a relatar a capacidade do realce tardio em detectar e quantificar o envolvimento cardíaco pela sarcoidose. Figura 10: Imagem com sequência de......

Ver Índice

04/06/2009

Revisões

Novos Métodos Diagnósticos em Cardiologia

...64-slice computed tomography coronary angiography in patients with high, intermediate, or low pretest probability of significant coronary artery disease. JACC. 2007;50(15):1469-75. 4. Budoff et al. Long-term prognosis associated with coronary calcification. JACC. 2007;49(18):1860-70. 5. Pundziute et al. Prognostic value of multislice computed tomography coronary angiography in patients wit......

Ver Índice

01/04/2019

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 28

...ária, de onde vem o termo hiperaguda. Sua apresentação pode ser variável, mas geralmente é alargada e assimétrica. O diagnóstico diferencial para ondas T proeminentes inclui hipercalemia, repolarização precoce, pericardite aguda e sobrecarga de ventrículo esquerdo. Quando há ondas T invertidas (em relação à orientação do QRS) deve-se pensar em : síndromes coronárias agu......

Ver Índice

03/05/2010

Revisões

Envelhecimento Cardiovascular e Doenças Cardiovasculares em Idosos

...to está cada vez mais difundida pelo mundo. Na América Latina, a curva de aprendizado está em fase inicial e, atualmente, é uma opção para os pacientes com risco cirúrgico elevado e que não são bons candidatos para cirurgia. Complicações como bloqueios atrioventriculares, acidente vascular e ruptura de aorta são complicações descritas. BIBLIOGRAFIA 1. Braunwald E, Zipes DP, Libby P, Bonow......

Ver Índice

04/04/2010

Casos Clínicos

Insuficiência cardíaca descompensada

...l. Uma vez resolvida a sobrecarga de volume, mantém-se o tratamento com doses apropriadas para prevenir a recorrência dos sintomas. A bumetanida é mais potente que a furosemida, sendo 1 mg desta correspondente a 40 mg da furosemida. Tabela 7: Diuréticos Droga Dose inicial Dose máxima Furosemida 20 a 40 mg 1 a 2 vezes/dia Atingir peso seco (até 400 mg/dia) Bume......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A

Cnpj: 11.012.848/0001-57

info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.