FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Enteroviroses" obteve 13 resultados.

Página:  de 2

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sarampo

...spiratório, até 4 dias após o início do exantema. Confirmação Diagnóstica De acordo com as orientações constantes do tópico Diagnóstico diferencial e dos Anexos 1 e 2. Proteção da População A principal medida de controle do sarampo é a vacinação dos susceptíveis, que inclui vacinação de rotina na rede básica de saúde, bloqueio vacinal, intensificação e campanhas de vacinação de seguiment......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Doenças exantemáticas na infância

...escença de 1 a 2 semanas, caracterizado por anorexia, mal-estar e debilidade. 6. Diagnóstico: isolamento viral 5 dias após o início; testes sorológicos (IH e MAC-Elisa) obtidos 6 dias após início do quadro. 7. Diagnóstico diferencial: Influenza, sarampo e rubéola. 8. Tratamento: não há tratamento específico, utilizando-se sintomáticos (exceto ácido acetilsalicílico e seus derivad......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Sarampo

...bióticos adequados para o quadro clínico e, se possível, com a identificação do agente bacteriano. Nas populações onde a deficiência de vitamina A é um problema reconhecido, a OMS e UNICEF recomendam o uso de uma dose elevada e única de vitamina A nas pessoas acometidas pelo sarampo e suas complicações, nos indivíduos com imunodeficiências, com evidência de xeroftalmia, desnutrição e problemas de ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

sarampo

... erradicar esta virose. Nesse sentido, as principais atividades são: · Vacinação - A vacina é a única forma de prevenir a ocorrência do Sarampo na população, sendo sua principal medida de controle. Esquema básico: uma dose da vacina tríplice viral (Sarampo, Rubéola e caxumba) aos 12 meses de idade e a segunda dose entre 4 a 6 anos de idade. A vacinação de bloqueio deve ser realizada, de fo......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

sarampo

...os, ou qualquer contato com pessoas suscetíveis, durante o período de eliminação do vírus. Os locais com agrupamento (creches, escolas) devem ser visitados e todos os contatos não vacinados devem receber a vacina tríplice ou dupla viral. SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que ......

Ver Índice

19/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

dengue

... De 3 a 15 dias; em media, de 5 a 6 dias. Período de Transmissibilidade O homem infecta o mosquito durante o período de viremia, que começa um dia antes da febre e perdura ate o sexto dia da doença. Complicações O paciente pode evoluir para instabilidade hemodinâmica, com hipotensão arterial, taquisfigmia e choque. Diagnóstico É necessária uma boa anamnese, com realização da prova d......

Ver Índice

19/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

dengue

...limenta em um hospedeiro suscetível próximo. Não ha transmissão por contato direto de um doente ou de suas secreções com uma pessoa sadia, nem por fontes de agua ou alimento. Período de Incubação De 3 a 15 dias; em media, de 5 a 6 dias. Período de Transmissibilidade O homem infecta o mosquito durante o período de viremia, que começa um dia antes da febre e perdura ate o sexto dia da doen......

Ver Índice

09/03/2009

Revisões

Exantema Febril

... de 8 dias após a administração do agente. Esta reação de hipersensibilidade é tipicamente simétrica, inicia-se na porção superior do tronco ou face e então progride para as extremidades inferiores. O prurido, quando presente, ajuda a fazer o diagnóstico. Pode haver ainda sintomas gerais, como febre, artralgias e cefaleias. O hemograma às vezes revela eosinofilia. A Tabela 3 lista frequentes agent......

Ver Índice

09/03/2009

Revisões

Exantema Febril

...química, podem ajudar no diagnóstico diferencial e na condução do caso. Nos exantemas virais, a sorologia confirma o diagnóstico. BIBLIOGRAFIA 1. McKinnon HD. Evaluating the febrile patient with a rash. Am Fam Physician. 2000;62:804-16. 2. Brasil. Ministério da Saúde. Doenças infecciosas e parasitárias – Guia de Bolso. 6. ed. Brasília: Ministério da Saúde; 2006. 3. Sampaio SAP, Riv......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Maculosa Brasileira

...cupação de carroceiro seu modo de sobrevivência. O aumento da densidade bovina nas propriedades rurais e a criação conjunta de bovinos e eqüídeos promovem a oferta de boa alimentação ao carrapato, com conseqüente expansão de suas populações. O grande desconhecimento do ciclo do carrapato, pela população em geral e pelos profissionais da saúde em particular, não lhe impõe o devido controle. O cav......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A

Cnpj: 11.012.848/0001-57

info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.